"O que diferencia «uma mudança reformista» de «uma mudança não reformista» num regime político, é que no primeiro caso o poder continua fundamentalmente nas mãos da antiga classe dominante e que no segundo o poder passa das mãos dessa classe para uma nova."

terça-feira, 10 de março de 2009

O "pasquim" volta a atacar


O "jornal de Coruche" monta nova provocação e mais uma vez conspurca o nome do concelho de Coruche e suas gentes que têm provas dadas na defesa dos ideais democráticos e no combate ao fascismo.
Desta vez o "pasquim" publicita (nas suas páginas cheias de ódio e que para além de nos sujarem as mãos, estão impregnadas de um intenso e nauseabundo odor a 24 de Abril de 1974) uma homenagem ao ditador salazar, no próximo dia 28 de Abril, pela passagem dos 120 anos do seu nascimento. O principal inspirador desta homenagem é o inenarrável, A.M.S. (lembram-se? o tal que por tudo e por nada falava no "nosso" querido "major") personagem, que revela padecer de uma obsessão doentia por tudo o que exalte o fascismo e os fascistas.
Para já não falar nas suas ambições desmedidas e ânsia de protagonismo. Não tendo a mínima noção do ridículo. Gente como ele, os coruchenses não suportam.

17 comentários:

Anónimo disse...

Boa publicidade! E à borla.
Nunca percebi uma coisa, o que tinha o Major que tanto fez por Coruche relacionado com o Estado Novo ou com a Stasi?

Agarrem mas é nos livrinhos e deixem-se de mentiras!

Anónimo disse...

Era é ministro da guerra. Andas-te na Mocidade Portuguesa já tou a ver.

Anónimo disse...

Fez tanto por Coruche, que o Busto foi reposto, não foi? Informa-te

Anónimo disse...

Grande Coruchense!
Numa pequena pesquisa... aí está o Homem que colaborou e ajudou Portugal e Coruche, durante 3 regimes diferentes. Os Grandes Homens são assim, não se vergam, TRABALHAM...
Coruche não o esquece!

Nasceu em Coruche em 1880. Entrou para a escola militar e, desde cedo mostrou ser um bom esgrimista, a tal ponto de ser chamado por D.Carlos, para dar lições de esgrima ao futuro D.Manuel II.

Em Dezembro de 1912, então tenente, foi destacado para Angola, lutando com bravura e tenacidade.

Em Fevereiro de 1917, já capitão, é enviado para França, incorporado no Corpo Expedicionário Português.
Voltando a Portugal por motivos de saúde, é nomeado por Sidónio Pais, governador civil de Coimbra, onde desenvolveu uma obra meritória em todos os campos.

Em 1932 é nomeado 1º comandante de Caçadores 5, cargo que ocupou até 1938, quando passou á reserva.
Entretanto em 1933 foi chamado para sobraçar a pasta do Ministério da Guerra.

ora bem...

Lutou muito pela construção das pontes rodoviárias (que ainda hoje servem a vila e a região) para acabar de vez com as pontes provisórias em madeira que as cheias destruíam e arrastavam, e acabar a travessia de pessoas e mercadorias em barcaças, sempre que as águas invadiam tudo. Conseguiu o que pretendia.

Em 16 de Agosto de 1930, era inaugurada a primeira a que deram o nome de Ponte General Teófilo da Trindade. Assistiu à inauguração o Presidente da República de então.

Em 1932, eram inauguradas as outras. Estava assim aberto o caminho seguro para as regiões do Sul, do leste e do nordeste.

A construção das pontes teve influência no assoreamento do leito do rio e na mudança do seu curso. Foi preciso proteger as casas ribeirinhas contra a corrente. Assim surgiu a avenida Marginal Luís de Camões e o belo Jardim.

Foi também devido à acção de Luís Alberto Oliveira que se montaram os telefones, se fizeram canalizações, para levar água aos domicílios e se iniciou a rede de esgotos.

A população reconhecida, ergueu-lhe mais tarde um vasto pedestal com o seu busto, em frente da Câmara Municipal, para o perpetuar, e deu o seu nome ao bairro das escolas.

O seu busto no dia 18 de Março de 1975, perante a passividade da maior parte dos Coruchenses foi arrancado e o pedestal destruído, foi gente “viera de fora” (toda a gente sabe que não era de fora, era do concelho) montada em camionetas e tractores, comandados por um alferes vindo de Vendas Novas, para destruírem tudo o que lembrasse o passado recente.

Texto copiado do Coruche...Passado, Presente e Futuro

Anónimo disse...

Experimente ver este link:

http://entrelinhasentregente.blogspot.com/2007/12/arrumada-questo-com-um-rotundo-no-ao.html

Anónimo disse...

Lê isto, não à nos livros da mocidade portuguesa:

http://entrelinhasentregente.blogspot.com/2007/07/este-sim-merecia-ter-um-busto-frente.html

Este sim merecia ter um Busto! FRENTE À CÂMARA DE CORUCHE

Anónimo disse...

EHEH, que ridiculo, então o que tem o vosso "amado" AMS a ver com o que se publicsa no Jornal? O director é o JAM! Não é?
E um jornal livre não deve recusar publicidade paga!
Porque não colocam um anuncio pago a anunciar o aniversário do camarada Cunhal?

Anónimo disse...

Boa anónimo de cima.
Estas pessoas são tão ortodoxas que nem imaginam como funciona uma redacção de um jornal!

Anónimo disse...

Até parece que se o proprietário desse dito jornal não concordasse com o que é lá escrito essas noticias saiam, podemos até ser isso tudo que nos chama mas de parvos não temos nada. Até fica mal andarem por aqui a falar de fascismo, defender figuras de outrora que hoje apenas são historia. Vejo-me aqui perante um enorme atraso na capacidade intelectual de acompanhar a evolução humana, social, conjuntural, etc. Deixem-se ficar agarrados as estas extremas direitas e esquerdas e depois vejam o que retiram de voces como seres humanos. Atraso é o que acho perante tanta discusão por um passado que apenas foi aquilo que outros fizeram e hoje existe apenas incapacidade de criar de movimentar uma sociedade de encontro aquilo que realmente nos dias de hoje é necessário ao desenvolvimento de uma sociedade. Vamos em frente meus caros deixem-se deste vazio de saudosismo passado que o unico lugar onde vos leva é a lugar nenhum. A politica é uma forma de confronto ideologico que deveria procurar matéria em todas as ideias dos homens mesmo sendo elas em tudo diferentes, só assim o homem evolui.

Anónimo disse...

Uma vergonha!!! Dinheiro nenhum paga a publicação de uma exaltação do FDP do Salazar.
Já para não falar no efeito que essa publicidade a Salazar pode provocar nos outros anunciantes. Ou seja, eu se tivesse uma empresa jamais publicaria publicidade num jornal que publicita o fachismo!
Assumam-se de uma vez por todas!!!

Anónimo disse...

Não é Fachismo, é Fascismo!!!!!
Vê se aprendes português! E mais em Portugal nunca existiu Fascismo, mas sim em Italia com Mussolini!
Em portugal existiu uma Ditadura, referendada pelo povo que democraticamente a desejou e quis.
Mas continuo, Existiu uma Ditadura, Moderada, autocrática de inspiração nas enciclicas de Leão XIII.
É por isso que o teu camarada Cunhal não foi fuzilado, e ia fazer os exames de Direito em carro oficial do Estado, como motorista, enquanto estava preso em Peniche, por tentar implementar o Comunismo em Portugal, coisa que o regime recusava e como a história veio a provar, BEM!

Em todo o caso, experimente a pagar um publicidade no Jornal de Coruche que pode ser que te admires e aceitem publicar eheh

Anónimo disse...

Antes de falares, aprende também a escrever: "experimente a pagar um publicidade no Jornal de Coruche que pode ser que te admires e aceitem publicar"
que frase é esta!? que belo português.


Depois houve sim fascismo, em Portugal, claro que a malta de Extrema-direita, diz que não! E quando não sabe! inventa!
Uma ditadura, referendada!? Não é o que diz o Livro de História do meu filho, que anda no ensino básico.
Mas ficamos com essa, ditadura referendada.

Qual jornal? pasquim!

Francisco Marques
Branca

Major disse...

Que raio de nome - Jornal de Coruche - eu se fosse daí até tinha vergonha disso, por cá diz fod.. que é de Coruche.
Onde páro o velhinho - O Sorraia - esse sim um jornal da terra, com poucas noticias mas boas.
Venha lá o Sorraia que esses fascistóides do Jornal de Coruche ou lá que raio de nome ficam a ver navios prá qui pra Lisboa...
Ora esta, mas o tótó ams ainda não teve a dose certa com a estatueta... tem que levar com o garrafão.
Tchau

Anónimo disse...

andam aqui uns fascizoides que tb mereciam o seu busto (espetado num pau) em qualquer rua de coruche...

C4

RaparigaVermelha disse...

Olá C4!!!!

Ena, ena! beijinhos pa vocês :P

Anónimo disse...

:) beijinhos!!!!!!!!

C4

Anónimo disse...

c4, gostas com ou sem vaselina?