"O que diferencia «uma mudança reformista» de «uma mudança não reformista» num regime político, é que no primeiro caso o poder continua fundamentalmente nas mãos da antiga classe dominante e que no segundo o poder passa das mãos dessa classe para uma nova."

quarta-feira, 18 de março de 2009

Dos leitores do blog… (3)

Aqui fica na íntegra email enviado Hoje por: JHP
__________
_
_
_
Caro Pedro Barreirinhas

Não resisto mais uma vez a chamar a sua atenção para o facto de continuar, a ser injusto nas suas apreciações à gestão do PS na câmara de Coruche.
Não vê o senhor, que neste momento de crise temos que apoiar as empresas, que são quem cria a riqueza.

Não acha justo que Câmara tenha isentado a “Nestlé” do pagamento de impostos municipais?

Não concorda que ao não multar a empresa que construiu o observatório da cortiça, a câmara municipal PS está apoiar os trabalhadores? 159 Mil Euros, para câmara não significa nada mas para o construtor civil é muito, não acha?

Outro exemplo, já reparou que se a câmara PS não tivesse contratado a “Global Share Eventos” para promover festas aqui em Coruche, quantos postos de trabalhos se perdiam?

Não seja injusto, então o senhor queria que a câmara esbanjá-se dinheiro a apoiar os pensionistas e os reformados quando não é essa a sua vocação, era o que faltava! Vão mas é a segurança social!

Despeço-me fazendo votos para que compreenda o esforço que o PS está a fazer para pôr Coruche no mapa. Porque como sabe em Lisboa ninguém sabe onde fica Coruche.

JHP

7 comentários:

Anónimo disse...

secalhar se não fosse assim a nestlé não vinha, é facil mandar a baixo! agora soluções nada... a mim n me choca nada isto

Inês disse...

São prioridades JHP! O PS no seu melhor!

Está na altura de mudar.

Anónimo disse...

"Não vê o senhor, que neste momento de crise temos que apoiar as empresas, que são quem cria a riqueza."

Deve haver aqui um "engano", quem de facto gera riqueza para o nosso País são os trabalhadores e são esses que devem ser apoiadados.

"Não seja injusto, então o senhor queria que a câmara esbanjá-se dinheiro a apoiar os pensionistas e os reformados quando não é essa a sua vocação, era o que faltava! Vão mas é a segurança social!"

Tem toda a razão, não é vocação de autarquia nenhuma andar a tentar corrigir os erros dos sucessivos governos PS e PSD (com ou sem CDS) que tanto prejudicaram e prejudicam os pensionistas e os reformados, que podiam de facto ser melhor apoiados se o Governo não andasse a destruir a segurança social e todos os serviços publicos.

Muito menos é vocação de qualquer autarquia andar a apoiar empresas com inseção de impostos municipais, isto sim é um escandalo.
Certamente que a Câmara de Coruche vai acompanhar este apoio financeiro dado à Netslé e os seus trabalhadores vão ver os seus salários e direitos justamente aumentados.
É UMA VERGONHA!!!

Tentam passar a ideia que os trabalhadores devem ficar eternamente agradecidos pelo favor que o patronato lhes faz, de lhes dar um emprego..e até lhes paga!!!! (outras nem isso)

Se isto é a tentativa de por Coruche no mapa e que vai ser assim que em Lisboa vão saber onde fica Coruche...peço-lhe aqui de Lisboa que não o faça. Aqui em Lisboa nós sabemos onde fica Coruche e até sabemos que o Couço uma freguesia de Coruche, foi sempre um exemplo de lutas e de grandes conquistas e que realmente meteu já há muito tempo essa zona no mapa.
Não tente meter Coruche no mapa pelas piores razãos ( se ainda for a tempo)

C4

Anónimo disse...

ehhehehehehehehe! Só da pra rir! Viva o Couço no seu melhor!!! Viva o Comunismo!!! eheheheheheh (tou-me mesmo a rir)

RaparigaVermelha disse...

Caro anónimo das 16:57 conte lá a piada que é para nos rirmos todos juntos. Folgo em saber que está muito hilário mas, olhe que partilhar também pode ter o seu interesse. E assim ficávamos a perceber porque é que se está a rir do Couço.

Jo disse...

Sim é verdade, eu estando em Lisboa a estudar, é verdade que quando digo Coruche muitos colegas me falam do Couço ou porque já lá foram ou porque já ouviram falar, do seu povo revolucionário.
Essa estória de pagar a uma empresa de eventos, não passa de mais uma maneira de esbanjar desnecessariamente dinheiro, o concelho precisa de tantas coisas, todas! menos de uma empresa de eventos, já existem pessoas na câmara para os fazer!
Que tal pagar a uma empresa para alcatroar as ruas das freguesias, que estão uma vergonha!

Anónimo disse...

Caro JHP

Será que o BTT criou assim tantos postos de trabalho a nível municipal? é que grande parte do intervenientes na organização estavam como voluntários...

Ou será que a "Global Share" ainda vai organizar algum evento para o PS-Coruche?

Se o executivo está tão empenhado nos postos de trabalho, porque envia cartas a informar 5 trabalhadores que o seus contratos não irão ser renovados, quando estes são vitais para o funcionamento do departamento em questão?

Estas perguntas são feitas por um coruchense sem partido politico.