"O que diferencia «uma mudança reformista» de «uma mudança não reformista» num regime político, é que no primeiro caso o poder continua fundamentalmente nas mãos da antiga classe dominante e que no segundo o poder passa das mãos dessa classe para uma nova."

terça-feira, 17 de março de 2009

Agora El Salvador

Mais um passo em Frente



Amplia-se a Frente Anti-Imperialista

2 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma Vitória!

América Latina cada vez mais unida

RaparigaVermelha disse...

Unida e Vermelha. Revolução!