"O que diferencia «uma mudança reformista» de «uma mudança não reformista» num regime político, é que no primeiro caso o poder continua fundamentalmente nas mãos da antiga classe dominante e que no segundo o poder passa das mãos dessa classe para uma nova."

terça-feira, 12 de maio de 2009

Entrada de leão, saída de …

Hoje no tribunal de Coruche a jovem jurista da Câmara, a tal que foi contratada quando o PS chegou à câmara em 2002, e de imediato designada para a “comissão de inquérito aos serviços” com a “missão” de inquiridora (esta comissão de inquérito produziu um relatório onde a gestão CDU era caluniada e denegrida).
Na Audiência de hoje, ficou demonstrado cabalmente que para tal não tinha legitimidade nem competência, pois há época era uma mera estagiária.

A “pobre” esforçou-se para cumprir a “missão” mas saiu ridicularizada da Sala de Audiências.

Fica cada vez mais claro que o “grande objectivo” deste processo é “ajustar contas” com anterior gestão municipal.

12 comentários:

Anónimo disse...

eu assisti!

taínha disse...

Oh Pedro, tem calma não desassossegues os "boys",que andam todos borrados.Eles estavam convencidos que este poder era eterno....eles e os vira-casacas.

Jeremias disse...

Que pena não ter assistido, e agora? vai sair um comunicado da câmara? exijo um esclarecimento da parte do Sr. Presidente da Câmara. O Sr. Mentes e os seus acólitos não terão um pingo de vergonha, mais de dignidade? BESTAS

Anónimo disse...

quem é a jovem jurista? não estou por dentro dessa informação.

Anónimo disse...

Não é à moça que se devem assacar as culpas, ela precisava do emprego e fez o que lhe mandaram.
Agora aqueles pses que lá estão agarrados aos utensilios de cozinha, para não retirar a dignidade aos tachos, esses sim têm que ser desmacarados.
O povo de Coruche está atento e decerteza que irá ajustar contas com estes algozes.

Nós por cá todos bem disse...

Nem mais. Condordo em absoluto com o comentário anterior. A precaridade no emprego (conseguida com os milhares de empregos prometidos pelo Socrates, pura demagogia) obriga a que por vezes tenhamos que, com o devido respeito pela advogada, fazer figura de urso. Foi o que esta gerência PS de Coruche fez com esta funcionária. Atirou às feras e ela, precária no seu emprego, fez o seu trabalho. Já pensaram se em consciência ela estava a fazer o que achava certo? Certamente que não, mas a profissão de advogado aliada a uma gerência PS que vê inimigos em tudo o que mexe, obrigou-a a isso. Defender o patrão, patrão esse eleito (tão mal eleito, diga-se) pelo povo, esse mesmo povo que tal qual ao Socrates, também o vai castigar nas próximas eleições. Não vai haver festas que os defendam. Portanto, em resumo, a minnha opinião é de que o menor culpado é a advogada. Quem devia ser enxovalhado em tribunal, não estava lá e se estava estava-se marimbando.

Anónimo disse...

Considero-me PS mesmo não sendo militante,desde que se realizou no salão paroquial em 1974 o primeiro comício em Coruche e esteve presente o camarada Pedro Coelho em representação do PS.

Foi há muitos anos,mas sempre votei PS.

Conhecia os PS quase todos e reconhecia as suas qualidades,Armindo da cooperativa,o Peseiro,o Coelho.o Silveira Nunes,o Dr.Rocha,o Faria,o Osvaldo,o Luís Patricio,o Luis Capricho e muitos outros.

Esses já se afastaram,ficaram o Banha que era do MES e apareceram outros com outras qualidades nas quais não me revejo.

Pela primeira vez depois do 25 de Abril não vou votar PS

Administrativa disse...

É, É ?!
O que é certo é que em tampouco tempo, com tantos processos perdidos e a fazer o trabalho sujo, de estagiária já vai em Chefe de Divisão.
Com o meu voto também não contam mais. Contêm todos os males desta crise. Os pequeninos para eles não contam. Tudo para os grandes nada para os pequenos.

Anónimo disse...

Ficam admirados...se em 4 anos se faz a ascensão ao lugar de Chefe de Divisão, imaginem o que est+á reservado no futuro, um lugarzitod director de departamento qundo o jose Domingos estiver distraído, como andam todos e todas a apaparicar a donzela que se farta de perder casos e mais casos mas continua a ser a pavoa que vai dar penas para escovar o pó dos defuntos e que tão depressa subiu como depressa vai passar a espanador como muita gentalha do ps. a vida não perdoa aos que abusam. Continua oh pedrocas a bumbar neles.

Administrativa disse...

Só tenho pena de não poder reformar-me.
Ver o despudor com que certas coisas aqui se fazem e o seu pavonear, até faz doença.
Alguém meta mão nisto e aí sim denunciar todas as ilegalidades e imoralidades.
Da minha casa já levaram mas não levam mais nenhum voto.
Mal por mal voltem os outros que podem não ter tanta «inspiração» e vaidade, mas têm mais consideração e respeito pelas pessoas.

Anónimo disse...

Engraçado que quando fizeram a proposta na Assembleia Municipal era para duas CHefes de Divisão digo 2, mas como uma é toda pra frentexe e fartou-se de sabujar e andou sempre de panelinha feita com o candidato a director de departamento ESQUECERAM-SE DA Andreia, coitadadinha...não faz tantos joguinhos e por isso fica a aguardar que haja dinheiro é sempre a desculpa...pode ser que quando a pavoa for directora do departamento queira a Andreia no lugar de Chefe.
mas quem muitos instrumentos toca...de certeza que a banda vai desafinar como desafinou no palácio da justiça de coruche onde se colocou a sra no seu lugarzito de aprendiz de feiticeira...ihihih até dá vontade de risotas pela tamanha ingenuidade.
continua oh pedrocas, vira forte com eles.

Jesuina disse...

Não conheço a peça, ao menos é jeitosa? Pelo que leio é convencida, logo deve ser loura ( sem desprimor para algumas loiras)